Arquivo da categoria: Educação

TV UFBA lança documentário sobre meteorito encontrado em Palmas de Monte Alto; Veja vídeo

Nesta sexta-feira (16/06), a TV UFBA, canal da Universidade Federal da Bahia lançou um mini documentário sobre a expedição científica, organizada pelo Instituto de Geociências da UFBA, em busca do meteorito encontrado no dia 26 de maio, na Fazenda Água Branca, zona rural do município de Palmas de Monte Alto (BA). A narrativa do vídeo é construída a partir dos registros da estagiária de comunicação, Fernanda Tourinho, que acompanhou a equipe de pesquisadores nessa aventura.

O documentário inicia destacando a cobertura realizada pela reportagem da Rádio Visão FM, que gravou vídeo exclusivo com a participação do professor de história, Nilton Flávio, explicando como o objeto caiu na localidade de Água Branca. Há também participação da pesquisadora do grupo de Geociências da UFBA, Débora Rios, juntamente com a diretora do Instituto, Olívia Cordeiro de Oliveira, explicando como foi a montagem da expedição científica em busca do meteorito.

Confira abaixo o documentário na íntegra:

 Portal Vilson Nunes

Cabo Luzia: 20 anos de dedicação e amor a Polícia Militar da Bahia

Luzia Aparecida Pereira, filha de de Sebastião Pereira Primo (in memoriam) e Maria do Carmo Pereira, casada com Evandro de Albuquerque Torres, mãe de quatro filhos, (Karisnanda, Kleomathyrsson, Karem Lavinia e Kennerhy Richardelly), nasceu na Fazenda Lagoa do Leite, no Município de Guanambi.

Trabalhou com seus pais na lavoura, motivo de orgulho, estudou e passou parte de sua juventude no Distrito de Ceraima, foi professora em várias escolas de Guanambi e Secretária do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais por três anos. Fez parte da primeira turma de Agentes Comunitários de Saúde onde atuou por dois anos. Mas, o seu sonho era um dia poder ingressar na carreira militar, “estava no sangue”, relata

Foi então que em 1997 o sonho se tornou realidade. Em Junho daquele ano, em Governador Mangabeira, no Recôncavo Baiano, Luzia  ingressou na Polícia Militar da Bahia, onde por lá permaneceu por um ano e dois meses  e retornou para Guanambi. Em 2003 foi convocada para integrar a 4ª Companhia Independente de Macaúbas e retornou no final de 2004 ao 17°Batalhão da Polícia Militar em Guanambi onde permanece até hoje. Em 2016 foi promovida a Cabo da Polícia.

A Cabo Luzia, confessou ser apaixonada pelo que faz, “tenho o militarismo no sangue”. Recentemente ela participou em Salvador da festa dos vinte anos da turma de 97 do Centro de Formação de Praças.

Farol da Cidade

Candiba: Welington Carlos alcança o segundo lugar na categoria Master peso Pena no campeonato Mundial de Jiu Jitsu

O candibense e soldado do 17° BPM da Bahia Welington Carlos, que faz parte da Academia CT ALFA BROTHERS JIU JITSU, equipe de atletas estes que representaram as cidades de Guanambi, Candiba e distrito de Pilões, na etapa do campeonato Mundial de Jiu Jitsu esportivo, realizada na cidade de Feira de Santana na Bahia.

Evento este que reuniu atletas de diversas partes do Brasil e do mundo. A equipe formada por doze atletas trouxeram dez medalhas para nossa região (três de ouro, quatro de prata e três de bronze).

O soldado Welington Carlos, representante da cidade de Candiba e do 17°BPM, alcançou o segundo lugar na categoria Master, peso Pena entre os faixas roxas, conquistando a medalha de prata.

Outros atletas do município também tiveram ótimas classificações no campeonato.

A academia CT Alfa Brothers Jiu Jitsu desenvolve parcerias com a Prefeitura Municipal de Candiba e com o Colégio Pequeno Polegar, sendo coordenado por Kiu Oliveira e Welington Carlos.

A imagem pode conter: 4 pessoas, pessoas em pé

A imagem pode conter: 4 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé

Atleta Edu Almeida – Medalha de ouro

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, pessoas em pé e campo de beisebol

A imagem pode conter: 3 pessoas, pessoas em pé

Atleta Welington Souza  – Medalha de prata

A imagem pode conter: 4 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé

Atleta Helivaldo Oliveira- Medalha de bronze

A imagem pode conter: 6 pessoas, pessoas sorrindo

Atleta Vanderlei Santos  –  Medalha de bronze

FIP-Guanambi emite Nota de Esclarecimento sobre ‘suspensão’ de Edital pelo MEC

Em decorrência de matéria publicada na imprensa, nesta terça-feira (6/6), informando que o Ministério da Educação (MEC) suspendeu a autorização para a FIP-MOC executar curso de medicina no município de Guanambi (BA), a referida instituição encaminhou na manhã desta quarta-feira (7/6) ao Portal Vilson Nunes, uma Nota de Esclarecimento sobre o assunto. Confira a Nota:

Nota informativa:

A Direção da FIP Guanambi, em razão das recentes informações de “suspensão” do Edital MEC/SERES 006/2014, do Programa Mais Médicos, no qual esta instituição de ensino superior foi vencedora da concorrência para instalação do curso de Medicina nesta cidade de Guanambi, esclarece o seguinte:

1-   A FIP Guanambi foi habilitada na forma legal, especialmente pelo cumprimento de todas as exigências do Edital, bem como em razão do histórico de sua mantenedora como gestora de instituição de ensino de qualidade, com capacidade para garantir a instalação e regularidade do curso;

2-  A FIP Guanambi foi classificada em primeiro lugar porque ofereceu as melhores contrapartidas ao Município e benefícios aos acadêmicos, pessoal docente e técnico- administrativo, e, especialmente pelo projeto de fornecimento de equipamentos, instalações de apoio e capacitação de profissionais da rede SUS;

3-   O processo seletivo foi encerrado em set/2016, com a publicação da respectiva Portaria e foi assinado Termo de Compromisso em out/2016, inclusive com a efetiva prestação de caução financeira, garantindo o cumprimento de todos os compromissos com o município, futuros acadêmicos e corpo acadêmico;

4-   Desde o momento de sua classificação, a FIP Guanambi vem sendo alvo de notícias falsas, plantadas por pessoas e/ou instituições que não possuem nenhuma habilidade com a livre concorrência, criando factoides com o único objetivo de prejudicar a instalação do curso e impedir o desenvolvimento da cidade como polo educacional;

5- A última ação dessas referidas pessoas foi a falsa notícia de um equívoco na classificação, fato este inexistente e impossível, diga-se de passagem, uma vez que a classificação dependia de uma prévia análise do projeto de negócio do curso, suas contrapartidas e, especialmente, da prova de capacidade econômico-financeira;

6-   O MEC instaurou no dia 28/04/2017, um processo de sindicância em razão desta “denúncia”, com prazo de 30 dias para conclusão, conforme lei 8.112/90, por supostamente envolver ato de servidor público no equívoco de classificação;

7- Na última segunda-feira, 29/05/2017, recebemos uma declaração assinada pelo Secretário de Educação Superior, Henrique Sartori de Almeida Prado, confirmando nossa classificação em primeiro lugar e ratificando o regular prosseguimento do Edital (documento eletrônico código de autenticidade 0687635-5356FC1F);

8-   Na data de hoje, 06/06/2017, ocorreu a publicação da Portaria número 707, assinada pelo Ministro da Educação, Mendonça Filho, “prorrogando” a sindicância por mais 30 dias, nos termos do parágrafo único, artigo 145, da lei 8.112/90;

9-   Ocorreu nesta mesma data, a publicação de outra portaria, número 549, assinada pelo

Secretário de Educação Superior, Henrique Sartori – o mesmo que assinou a declaração confirmatória há apenas sete dias – “suspendendo” o prosseguimento do Edital MEC/SERES 006/2017, simplesmente em razão da coincidência de prazo da prorrogação da sindicância com a visita in loco das instalações da FIP Guanambi, não tendo nenhuma relação com “penalidade” ou risco de modificação do resultado do Edital;

10- Diante disso, a FIP Guanambi vem esclarecer que estão sendo tomadas as providências administrativas e judiciais, cíveis e criminais cabíveis, sendo certo que fica mantido o firme propósito de instalar o curso de Medicina, bem como de contribuir para o desenvolvimento regional e criação de um forte polo educacional, que beneficiará a população e a economia de toda a região Centro-Sul da Bahia.

Guanambi, 06 de junho de 2017

MEC suspende autorização para FIP-MOC funcionar em Guanambi

Em decisão publicada no Diário Oficial desta terça-feria, 06, o Ministério da Educação resolveu suspender a autorização para que as Faculdades Integradas Pitágoras oferte curso de medicina no município de Guanambi.

A decisão saiu após instalação de processo administrativo para apurar uma suposta fraude no processo seletivo destinado a escolha da instituição para ofertar o curso. No mês passado, o Jornal O Estado de São Paulo publicou documentos que mostravam que a instituição teria sido beneficiada por uma troca de pareceres na véspera do lançamento do edital. A Faculdade Guanambi foi desclassificada e a FIP-MOC venceu o edital.

A FIP-MOC está em fase de conclusão da primeira etapa de construção da sua sede, a expectativa da instituição era de inaugurar a nova faculdade este mês. A autorização fica suspensa até a conclusão do processo administrativo.

Blog Tiago marques

Caetiteense fica entre os três primeiros lugares em encontro nacional de direito

Aluno do 6° semestre do curso de Direito da Faculdade Guanambi, o caetiteense Yalen Sacramento Neves, foi classificado entre os três melhores trabalhos apresentados no IX Encontro Nacional de Direito Civil e Processo Civil, realizado pela Múltipla – Difusão do Conhecimento, em parceria com o Complexo de Ensino Renato Saraiva (CERS), em Salvador, nos dias 19 e 20 de março.

O artigo premiado tem por título “Os Reflexos do novo CPC no registro de imóveis: uma análise acerca da Usucapião Extrajudicial”, orientado pela Professora Deborah Marques. A premiação foi uma bolsa integral para o curso preparatório para o Exame da Ordem dos Advogados (OAB), no CERS. “Estou muito feliz por ter representado bem os acadêmicos de Direito da minha região e, mais ainda, por ter representado a FG num evento de relevância nacional”, afirmou Sacramento.

UNEB ANUNCIA APROVADOS NO VESTIBULAR 2017

A Universidade do Estado da Bahia (UNEB) publicou nesta quarta-feira, 31 de maio, o resultado do Vestibular 2017. O calendário de matrículas e o desempenho individual serão divulgados em breve.

Confira os aprovados

Os documentos para a efetivação da matrícula institucional já estão disponíveis para consulta no item 14 do Edital do Vestibular.

Vestibular

O Vestibular 2017 da UNEB foi aplicado em 23 e 24 de abril. O primeiro dia contou com 35 questões de Língua Portuguesa/Literatura Brasileira, Língua Estrangeira e Ciências Humanas, além da Redação. O segundo trouxe 40 perguntas de Matemática e Ciências da Natureza.

Foram oferecidas 3.185 vagas em 112 cursos. Das oportunidades, 40% destinou-se aos autodeclarados negros e 5% de sobrevagas foram reservadas aos indígenas.

As vagas da Uneb estão distribuídas nas unidades de Salvador e outras 32 cidades da Bahia. Mais informações no Edital, no Manual do Candidato ou pelo telefone 0800-071-3000.