Chineses visitam Guanambi para retomada das obras da Fiol

O prefeito Jairo Magalhães recepcionou a comitiva formada por  empresários chineses que fazem parte do consórcio que irão gerenciar a retomada das obras da Ferrovia de Integração Oeste-Leste (FIOL), além do Presidente da Bahia Mineração (BAMIN), Eduardo Ledsham, que pousaram no aeroporto de Guanambi no final da manhã desta segunda-feira (5). Ao todo, o grupo era formado por 16 pessoas, que estavam a bordo de dois jatinhos e um helicóptero.  O prefeito dialogou com os empresários, onde tratou de questões técnicas da visita à cidade e ao trecho da ferrovia. Em fevereiro do ano passado, o prefeito já tinha se reunido com o embaixador da China no Brasil, Sr. Li Jinzhang, a embaixatriz Sra. Huang Minhui, em recepção promovida pela deputada estadual Ivana Bastos, que é a presidente da Comissão da FIOL, na Assembleia Legislativa. Na época, Jairo e Ivana salientaram a importância de Guanambi no contexto da obra, pois a cidade serve de parâmetro para mostrar o potencial de toda região. No encontro do ano passado, estavam presentes também, o presidente no Brasil, do Banco de Desenvolvimento da China, Wu Lei, além de vários membros do corpo diplomático chinês, empresários e representantes de grupos de investimentos.

Na visita desta segunda-feira, vários empresários que estavam no primeiro contato retornaram, já com vistas aos trâmites e averiguações finais para o início das ações.

Para o prefeito Jairo Magalhães, “foi de suma importância a intervenção do governador Rui Costa e da deputada Ivana Bastos, para o retorno iminente das obras da FIOL, dado a sua importância para o desenvolvimento da região, que servirá para fortalecer a economia e a geração de empregos”, disse.

Após contato com o prefeito, a comitiva sobrevoou a cidade  e o trecho da ferrovia, retornando no fim da tarde, para a cidade de Ilhéus, onde está localizado o Porto-Sul, e em seguida, irão à Salvador, onde terão audiência com o governador Rui Costa.

Fase final para a retomada das obras

A visita é parte final da realização de estudos de viabilidade técnica, econômica e ambiental, além de trabalhos preparatórios que vão dar as condições para iniciar a construção do Porto-Sul, simultaneamente à retomada da Ferrovia de Integração Oeste-Leste para os próximos meses.  A Parceria Público Privada (PPP), foi possível, após assinatura de memorando de entendimentos com empresas chinesas interessadas em investir em obras de infraestrutura na Bahia, feita pelo governador Rui Costa em visita à China no ano passado.

O controle acionário da Bahia Mineração (BAMIN) é do Eurasian Resources Group (ERG), um dos principais produtores de recursos naturais que incorporou os ativos da ENRC. O ERG é o maior produtor mundial de ferrocromo, um dos mais importantes especialistas em minério de ferro, um dos dez principais produtores de alumínio e o principal produtor de cobre e cobalto do mundo.

ASCOM PMG

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s